Home Galeia de fotosIgrejas Maiza solicita isolamento mais rigoroso aos grupos de risco e flexibilização para comércio e igrejas

Maiza solicita isolamento mais rigoroso aos grupos de risco e flexibilização para comércio e igrejas

por admin
0 Comentários

A vereadora Maiza Rio solicitou recentemente ao prefeito André Pessuto, a execução de medidas mais rigorosas de isolamento social, com restrições na circulação de idosos, grupo de risco, e às que convivem no mesmo ambiente, que são as pessoas de maior risco, diante do covid 19, para protegê-los. O objetivo é reduzir as chances de contágio a quem tem maior risco de gravidade, e facilitar a flexibilização com medidas de segurança, para a reabertura do comércio e das igrejas.

Esta possibilidade se tornou mais acessível e viável, após a declaração do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, afirmando que “a Constituição permite a adoção de medidas mais rígidas para restringir a locomoção durante a pandemia do Coronavírus”. Medidas semelhantes foram adotadas pela prefeitura de Cabreúva – SP, que restringiu a circulação de idosos que estejam na rua sem justificativa.

Maiza sugere ainda, que o comércio separe um horário apenas para atendimento aos idosos, como por exemplo das 7h às 8h, reduzindo assim, o contato com outras pessoas, para protegê-los.

“O trabalhador atrás de um balcão, defendendo seu sustento, com todas as medidas de prevenção, representa um risco bem menor, do que dezenas de idosos circulando por toda parte. É preciso criar e viabilizar alternativas tanto para proteger as pessoas dos grupos de risco, com isso, viabiliza maior possiblidade de reaquecer a economia, com maior segurança para a flexibilização da abertura do comercio e igrejas, com as restrições necessárias. No momento entendo que em Fernandópolis é possível dar um ‘fólego’ para o comercio e grejas; porém se perceber aumento do contagio do vírus, que reveja as medidas de restrições necessária.” disse Maiza.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário