Maiza cobra prédio próprio da Polícia Científica novamente

admin 16 de maio de 2013 0
Maiza cobra prédio próprio da Polícia Científica novamente

Maiza Rio sempre  cobrou o prédio próprio da Polícia Científica para Fernandópolis, um investimento de mais de dois milhões de reais, durante uma audiência com o superintendente da Polícia Técnico-Científica, Dr. Celso Perioli, o secretário de Planejamento do Estado de São Paulo, Julio Semeghini, e o prefeito na época  Luiz Vilar, no Palácio dos Bandeirantes, no  dia 19 de abril.

 Desde o primeiro mandato de Maiza, na Câmara (2005-2008), a vereadora vem pleiteando a conquista para o município. O terreno para construção do prédio já foi doado pela Prefeitura em 2010, mas o recurso ainda não foi liberado.

Junto ao ex deputado federal, Julio Semeghini, Maiza Rio – que é fotografa técnica pericial – tem cobrado a melhoria.

 Nesta audiência, o superintendente da Polícia Técnico-Científica, Dr. Celso Perioli, e o secretário Julio Semeghini se empenhou para viabilizar o  repasse de recursos para construção do prédio, que vai abrigar o Instituto de Criminalística e o Instituto Médico Legal (IML).

 A área doada pela Prefeitura possui 2.500m² e fica ao lado do prédio do Tribunal de Contas no Jardim Santa Rita, nos fundos do Terminal Rodoviário. Importante de Maiza ser eleita para dar a continuidade deste trabalho.

 ”Participaram da reunião e vem ajudando a pleitear a conquista, a deputada Analice Fernandes, o vereador André Pessuto, a vereadora Maiza Rio, o perito chefe do Instituto de Criminalística de Fernandópolis, Sidnei César Zulian, o médico responsável pelo IML, Paulo Fantini.” Site da Prefeitura Municipal. (publicado 16 de Maio de 2012).

Comentar »